quinta-feira, fevereiro 21, 2008

SENTENÇA DE MORTE



De Val McDermid, uma escritora de ficção policial.

Apesar deste ter sido o seu primeiro livro a ser publicado em Portugal, não foi o primeiro que li. Já tinha lido "Um Eco Distante" e "Assassino de Sombras" e ambos me proporcionaram grandes momentos de leitura compulsiva.

Mas este foi sem duvida, dos três, o que mais gostei e cheguei mesmo a sentir uma certa tristeza quando acabou.

6 comentários:

Anónimo disse...

È com satisfação que vejo a actualização deste blog com a continuação de sugestões literárias actuais e interessantes, contribuindo desta forma positivamente para uma maior expansão na expressão literária.

Contudo verifico que ultimamente lê compulsivamente alguns livros, o que não é muito bom e porventura indesejável. Ora então analisemos, temos o “Assassino das Sombras”, a “Sentença de Morte”, entre outros, só falta mesmo o Bruce Lee; o Sandokan ; o Capuchinho Vermelho e o Lobo Mau. São muitos fantasmas juntos, a lembrar mansões abandonadas e os locais mais assombrados do mundo.

Assim permita-me sugerir-lhe alguns conselhos que poderão de certa forma contribuir para a sua paz de espírito.
1º - Ouça o Pedro Abrunhosa na música “Quem me tira os meus fantasmas?” e certamente ficará mais calma.
2º - Antes e depois do trabalho, esqueça por algum tempo a agitação da cidade e do trabalho e refugie-se num bom SPA, para relaxar não há melhor. Mas cuidado não parta alguma perna…
3º - Tire uns dias, procure um lugar paradisíaco. Longe …
4 º- Releia alguns clássicos literários, coisas “soft” nomeadamente, “o Nome da Rosa”; “O menino de Cabul”;”Código da Vinci”; Guerra e Paz” entre outros.
Ah ! Em caso de insónia recomendo-lhe vivamente “ o Novo Kama Sutra Ilustrado”.

Depois de tudo isto, certamente que irá sentir-se muito melhor….

SS disse...

Não podia deixar de responder e agradecer desde já a sua preocupação pela minha leitura compulsiva... quando nos vemos obrigados a estar em casa por motivos de saúde o tempo é longo e dá para muitas coisas, entre pegar nos livros que estavam por ler... as horas de espera por consultas e exames também são propícias a uma boa leitura.
Não se preocupe pois não me vejo acompanhada por fantasmas nem com falta de paz de espírito. Mas agradeço as sugestões.
Realmente, tenho pena, mas Pedro Abrunhosa não faz parte da minha vastissíma discografia... e não me deixa calma :).

Anónimo disse...

Não duvido...dá para perceber.

Anónimo disse...

Já me esquecia…..
Observei que colocou um bichano cativante que evidencia uma personalidade marcante e muito própria contribuindo significativamente para o enriquecimento da sua página de apresentação. Bom gosto, sem dúvida. Contudo, aqueles pezinhos na areia...............

SS disse...

verifico que os "pezinhos na areia" continuam a incomodar...:)
Temos pena!

Anónimo disse...

Penas têm os pássaros.

Zangadinha ? Deixe-se disso…seja positiva.

Os pezinhos até estão muito bem enquadrados, agora na companhia do bichano. Coitado do bicho ainda cai para o lado, enriçado já está…..pudera…..

Este sábado seja solidária com os seus pares, vá até Lisboa, e grite umas “bocas à ministra”.

Divirta-se